quinta-feira, 10 de julho de 2008

Que mundo é esse?

Não vou me estender muito no assunto da violência porque se deixar eu passo horas relatando fatos horríveis. Mas não tenho como não escrever sobre isso. Acabo de ouvir [porque não consigo ver - iria ser muito pior] a entrevista de uma mãe que perdeu seu filho, de 3 anos. Tiro... de policiais.

Que mundo é esse em que policiais atiram em um carro sem saber quem são os passageiros? Quem mundo é esse que um irmão mata o outro porque achou um revólver? Que mundo é esse em que uma colega mata a outra na quadra do colégio na frente de todos? Que mundo é esse que um pai atira uma filha da janela? Depois uma mãe atira a filha também... Não me importam os motivos, ou se ainda é suspeita. Estamos vivendo em um mundo de loucos em que as pessoas estão matando umas as outras por motivos cada vez mais fúteis...

O que "a gente só via na tv" hoje acontece com nosso vizinho e possivelmente amanhã pode acontecer com cada um de nós.

E o pior: nos sentimos atados, sem ter idéia do que fazer. Apenas esperando nossa vez e, é claro, rezando para que isso não aconteça apesar da grande probabilidade.

A violência entra em nossas casas, no carro, na escola, no trânsito... até quando?

Não sei bem o que fazer para mudar isso. Mas acredito que tentar estimular a paz ai no seu mundinho, ou seja, na sua sala de trabalho, na fila do mercado, no trânsito... um dia pode ajudar. E digo logo [apesar disso valer outro post]: A Lei Seca vai ajudar a matar pessoas inocentes, graças a Deus! Que ela permaneça pra sempre!*


> Vale a pena acessar o site de uma campanha voluntária bem bacana aqui da Bahia... Vá na Paz.



*Eu também não gosto de sair e não poder beber nem um copo de cerveja. Mas concordo plenamente com a Lei e agora passo a não beber quando dirijo. Melhor para todos nós!

Um comentário:

Compartilhe suas ideias!